DAWKINS – “AD HOMINEM” (100%), LÓGICA (0%)

by ASCENDENS(Pt.)

   Richard Dawkins, Prof. na Universidade de Oxford, autor de “Deus Um Delírio”, um dos ateus mais pirraças. Segue-se a transcrição traduzida de uma breve entrevista na CNN:

Paula Zahn (CNN) – Porque é ateu?

Richard Dawkins – Porque a senhora não acredita em Thor? Porque não acredita em Zeus? Ninguém acredita na maior parte das coisas que a senhora acredita. A senhora é ateia em relação ao “mostro do esparguete voador”. Eu sou ateu com respeito aos judaico-cristãos porque não há evidências relativas ao deus judaico-cristão ou em qualquer outro deus.

P.Z. – Mas parece que a mensagem ateísta é intimidante para alguns cristãos porque eles acreditam que o senhor não quer que eles exprimam a sua religiosidade publicamente. O senhor tem alguma opinião sobre a religiosidade pública?

R.D. Eu penso que as pessoas são livres de acreditarem no que quiserem, de decidirem o que elas gostam e de escrever o que lhes apetecer. Mas o problema é que as pessoas religiosas, principalmente nos U.S.A. e nos países islâmicos, estão acostumados com quem é contra a sua fé e são extremamente intolerantes com os ateus.

P.Z. – Mas porque pensa que são intolerantes?

R.D. – Penso que há um mal-entendido histórico. Essas pessoas pensam que temos cornos e rabos. Há estatísticas que demonstram que as pessoas não confiam nos ateus. O que é assombroso, contando que os ateus são pessoas que têm um sistema de crenças diferente.

P.Z. – Certamente o senhor encontrará pessoas que se sentem intimidadas com a sua mensagem e que de alguma forma os coloca a duvidarem da sua “fé”.

R.D. – Bem… porque haveriam as pessoas de se intimidar com algumas palavras? Não conheço nenhum ateu que ameace com violência, não temos destruído aviões contra edifícios, não temos bombardeado nada, somos pessoas muito amáveis e tudo o que fazemos é usar as palavras para falar de coisas como do cosmos, a origem do universo a evolução e a origem da vida. Porque deveriam intimidar-se? É penas uma opinião.

P.Z. – Uma última pergunta. Como o senhor descreve a relação do público com o ateísmo?

R.D. – Desinformação e falta de valores. Porque se alguém é ateu ele sabe e acredita que só se vive uma vez. A vida é algo maravilhosa e preciosa que devemos viver plenamente até ao fim dos nossos dias. Se a senhora é religiosa acredita que há uma vida para lá desta e portanto não vive esta vida plenamente, porque acredita existir outra vida. Esta é uma maneira muito negativa de viver a vida. O ateísmo motiva a viver esta vida plenamente.

P.Z. – Richard Dawkins obrigado pela entrevista. Obrigado por ter estado connosco.

R.D. – Obrigado.

(Transcrito por ASCENDENS)

Ver o vídeo da entrevista aqui

Anúncios